Image Image Image Image Image Image Image Image Image Image

| October 16, 2017

Scroll to top

Top

O QUE É ACUPUNTURA ?

A palavra “acupuntura” origina-se do latim, sendo que acus significa “agulha” e punctura significa “puncionar”. A acupuntura se refere, portanto, à inserção de agulhas através da pele nos tecidos subjacentes, em diferentes profundidades e em pontos estratégicos do corpo para produzir o efeito terapêutico desejado.
A acupuntura é uma das inúmeras terapias da Medicina Tradicional Chinesa, que foi desenvolvida na China ao longo dos milhares de anos de sua história. É considerada uma das mais antigas formas de medicina oriental, se fundamenta numa estrutura teórica sistemática e abrangente, de natureza filosófica. Ela inclui entre seus princípios o estudo da relação de yin /yang, da teoria dos cinco elementos e do sistema de circulação da energia pelos meridianos do corpo humano.

Tendo como base o reconhecimento das leis fundamentais que governam o funcionamento do organismo humano e sua interação com o ambiente segundo os ciclos da natureza, procura aplicar esta compreensão tanto ao tratamento das doenças quanto à manutenção da saúde através de diversos métodos.
Para compreender a acupuntura, é preciso que seja mostrada tal como entendiam os chineses da antiguidade.

 

Os chineses inseriam as agulhas em pontos especiais com o objetivo de dirigir a energia. Segundo eles a energia vital, presentes em todas as partes e que não é senão a energia cósmica, circula no organismos através de condutos chamados de meridianos. Esses meridianos percorrem a superfície do corpo, ao longo dos membros, do tronco e da cabeça; em sua trajetória situam-se os pontos específicos. A energia que eles pretendem dirigir mediante a inserção dos pontos se mostra sob dois aspectos distintos, opostos entre si, mas na realidade, complementares : Yin e Yang. Yin é o aspecto negativo, Yang o positivo da energia.

 

Podemos dizer também que Yin é a matéria e Yang a energia; ou então que Yin representa o repouso e Yang a atividade. Para que exista saúde é imprescendível um perfeito equilíbrio entre Yin e Yang. Um excesso de Ying ou de Yang, uma insuficiência de Yin ou de Yang significam a doença. A doença segundo os chineses é, pois nada mais nem menos que um simples desequilíbrio energético. Portanto para curar uma enfermidade significa restabelecer o equilíbrio energético alterado.

 

 

Como procediam os chineses com esse objetivo? Antes de mais nada faziam o diagnóstico do desequilíbrio. Para isso, valiam-se de interrogatório, da inspeção, da palpação, etc. Além disso, porém utilizavam o diagnóstico pelo pulsos e da língua que lhes permitiam diagnosticar não somente o desequilíbrio energético total como também de que tipo era (Yin ou Yang) e em que meridianos se manifesta predominantemente.
Feito o diagnóstico, o tratamento se impunha quase que automaticamente : surgia o ponto ou os pontos que deveriam ser inseridos para que fosse restabelecido o equilíbrio energético.

O QUE PODE SER TRATADA COM ACUPUNTURA

Sistema Músculo-Esquelético e Reumatologia: dores ósteo-musculares, patologias miofasciais, tendinites, bursites, LER/DORT, fibromialgia, distensões musculares, coadjuvante em fraturas, dores crônicas pós-cirúrgicas, coadjuvante nas patologias do colágeno incluindo Lúpus (nas formas sistêmica e discóide), artrite reumatóide, cervicalgias, dorsalgias, lombalgias.

Sistema Genito-Urinário: impotência; coadjuvante na infecção urinária, cólica nefrética; coadjuvante em orquite aguda e crônica; coadjuvante em prostatite, distúrbios menstruais (alterações de ciclo, hemorragias, amenorréia, dismenorréia); coadjuvante em anexites e miometrites, alterações benignas da mama, miomas, dor pélvica crônica, leucorréias persistentes, hipoalgesia da dor de parto, indução de trabalho de parto, náuseas e vômitos da gravidez, parto prematuro.

Oncologia: coadjuvante, diminuindo a dor e melhorando as condições do sistema imunológico.

Sistema Circulatório: hipertensão arterial, arritmias supra-ventriculares; coadjuvante nas varizes de membros inferiores.

Sistema Respiratório: asma, bronquite, infecção de vias aéreas superiores, enfisema pulmonar, coadjuvante nas infecções agudas e crônicas.

Sistema Digestivo: dispepsias, esofagite de refluxo; coadjuvante em úlcera péptica e gastrite; retocolite ulcerativa; coadjuvante em diarréias agudas e crônicas; coadjuvante em hepatites, sintomático na cólica biliar.

Sistema Nervoso: diminuição de memória, cefaléias, ansiedade, depressão; coadjuvante nas patologias degenerativas como esclerose múltipla, esclerose lateral amiotrófica, acidente vascular cerebral (AVC).

Sistema Endócrino: hipotireoidismo, hipertireoidismo, alterações de ciclo menstrual.

PONTOS E AGULHAS DA ACUPUNTURA&lt

A acupuntura, assim como qualquer outro tipo de tratamento, começa com uma consulta. O acupunturista irá lhe perguntar sobre seu histórico médico e quaisquer problemas que tiver naquele momento. Depois, ele irá lhe examinar e identificar o órgão relacionado ao seu problema.

A seguir, ocorre o mapeamento dos pontos de pressão no meridiano apropriado, de acordo com o seu problema.

Há doze meridianos principais que passam pelo corpo. Cada meridiano contém vários pontos do meridiano. Para representar cada ponto, as iniciais do meridiano são seguidas por um número, por exemplo, IG 19 ou VB 1.

  • Bexiga (B)
  • Vesícula biliar (VB)
  • Coração (C)
  • Rim (R)
  • Fígado (F)
  • Pulmão (P)
  • Intestino Grosso (IG)
  • Pericárdio (PC)
  • Intestino delgado (ID)
  • Baço (BP)
  • Estômago (E)
  • Triplo aquecedor (TA)

As agulhas precisam ser colocadas na área do problema imediato ou em pontos distantes, em outras partes do corpo. Por exemplo, dores lombares são tratadas através do estímulo do ponto B 54, no meridiano da bexiga. Normalmente, os pontos em diferentes áreas do corpo (frente ou costas, lado direito ou esquerdo, ou acima e abaixo da cintura) são tratados simultaneamente para aumentar a eficácia do tratamento.

O QUE ESPERAR DURANTE A SESSÃO DE ACUPUNTURA&lt

Quando o acupunturista estiver pronto para começar seu tratamento, ele ou ela irá limpar os pontos desejados do seu corpo com álcool 70%, e então inserir de três a 15 agulhas na sua pele. A profundidade com que as agulhas entram varia de menos de 6 mm a 7,6 cm.

As agulhas têm a espessura de um fio de cabelo e são feitas de aço inoxidável sólido. Pode ser que você sinta uma leve dor no momento em que as agulhas forem inseridas, mas após terem entrado, o desconforto deve passar. Algumas pessoas dizem que se sentem relaxadas durante a sessão de acupuntura.
As agulhas permanecerão no seu corpo de 5 a 20 minutos. Enquanto as agulhas permanecem na sua pele, o acupunturista pode girar, aquecer ou aplicar estímulos elétricos nelas.

A maior parte das pessoas passa por sessões semanais de acupuntura durante 12 semanas, embora o número de sessões possa variar, dependendo do problema que está sendo tratado. No início, pode ser que você deva realizar visitas mais freqüentes ao acupunturista, e à medida que os seus sintomas melhoram, as visitas se tornam menos freqüentes.

PERGUNTAS FREQUENTES:

Posso misturar outros tratamentos com a acupuntura?
Sim, é possível associar a acupuntura a outros tratamentos. Fisioterapia, remédios alopáticos, psicoterapia, homeopatia entre outros tratamentos são beneficiados pela associação com a acupuntura, ocorrendo desde a aceleração e a facilitação de processos terapêuticos até a redução das doses dos remédios utilizados.

O que não se deve fazer após uma sessão de acupuntura?
Mesmo depois da retirada das agulhas, os pontos continuam sendo estimulados por mais ou menos duas horas. Por isso, durante este período, evite molhar os pontos estimulados, ter relações sexuais, tomar bebidas alcoólicas, fazer trabalhos pesados ou comer excessivamente.

As agulhas são descartáveis?
Sim, as agulhas utilizadas são novas e descartáveis.

Uma aplicação de acupuntura é dolorida?
Geralmente não, pois as agulhas são muito finas e existe uma técnica para inserí-las. Nos pontos mais sensíveis é possível apenas sentir uma leve picada como um pequeno choque.

Como funciona e quanto tempo dura um tratamento com acupuntura?
Depende muito de cada caso. Geralmente, problemas físicos tais como dores nos ombros e tendinite levam entre 4 a 6 aplicações. Nos casos crônicos e nos problemas emocionais utilizamos métodos adicionais. A aplicação costuma ser semanal, entretanto em casos mais graves recomendamos a frequência de duas aplicações semanais.